22 agosto, 2014

Maxon - A Seleção

Quem não morreu de amores por Maxon na trilogia "A Seleção"?
Qualidades explícitas não apenas por ser um príncipe em busca do seu amor, mas pela gentileza, serenidade e doçura evidenciadas a cada página lida.
Apesar de ser herdeiro de um trono, e desejado por todas as jovens do reino, Maxon conservou sua castidade para entregá-lá a sua esposa, só isso já nos dá razões suficientes para nos fazer suspirar.
Mesmo o coração de América, que já pertencia a outra pessoa, não titubeou ao conhecer Maxon, não o príncipe, apenas Maxon, aquele jovem lindo de cabelos castanhos e olhos penetrantes, a humildade estampada em suas atitudes, a coragem de não desistir de seu objetivos e principalmente o amor declarado em seu olhos
Para quem ainda não leu a trilogia, não vou dar muito mais detalhes, mas para quem leu sabe exatamente do que estou falando. Toda menina já sonhou com um príncipe em sua vida, talvez montado em um cavalo branco, Maxon não vem em um cavalo branco, mas com certeza deixou muitas de nós sonhando com ele.

Quando estou lendo algo, geralmente construo meus personagens sem atribuí-los a outra pessoa, mas quando comecei a ler "A Seleção", instantaneamente veio em minha mente a imagem de Douglas Booth.

Apresento a vocês o "meu" Maxon


E aí, o que acharam? Quem é o Maxon de vocês?


Nenhum comentário:

Postar um comentário